quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Concurso da CGE-PI divulgado. Remuneração de R$ 14.930,06

Publicado edital para concurso de provimento do cargo de Auditor Governamental da Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE-PI).

A remuneração do cargo é de R$ 14.930,06. A organizadora do concurso é o CESPE/UNB. As inscrições vão de 20 de outubro a 18 de novembro de 2014. A taxa de inscrição é de R$ 180,00.

Inicialmente serão disponibilizadas 4 vagas para Auditor Governamental (Área Geral); 4 vagas para Auditor Governamental (Área Engenharia); 2 vagas para Auditor Governamental (Área Tecnologia da Informação). Uma vaga será reservada a portador de necessidades especiais (PNE), na área geral. Porém, haverá cadastro de reserva, e o concurso terá validade de dois anos prorrogáveis por mais dois.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Videoaula: Resolução de questões de Contabilidade Pública do Exame de Suficiência 2014.2

O Conselho Federal de Contabilidade exige que o Bacharel em Ciências Contábeis ou o Técnico em Contabilidade, para a prática regular da profissão, seja submetido ao Exame de Suficiência credenciando-os ao registro no conselho de classe.

Os bacharéis ou técnicos são avaliados em disciplinas de conhecimentos gerais do curso de contabilidade e, ainda, Direito, Matemática Financeira e Português.


quarta-feira, 24 de setembro de 2014

10 pontos positivos para o estudo de Ciências Contábeis

Iniciei o curso de Ciências Contábeis sem saber ao certo o porvir, dado que não tinha pessoas próximas que labutassem com a Contabilidade e que me orientassem a seguir a profissão.
Assim, iniciei um voo cego. Porém, minha intuição foi mais forte, e algo me dizia que, à frente, encontraria espaços para pousos e decolagens seguros, ante o mergulho no conhecimento dessa ciência.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (PCASP)

Com o objetivo de uniformizar as práticas contábeis, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), em conjunto com o Grupo Técnico de Procedimentos Contábeis (GTCON), elaborou o Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (PCASP), adequado aos dispositivos legais vigentes, às Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBC T SP), aos padrões internacionais de Contabilidade do Setor Público e às regras e procedimentos de Estatísticas de Finanças Públicas reconhecidas por organismos internacionais. 
Formado por uma relação padronizada de contas apresentada em conjunto com atributos conceituais, o PCASP permite a consolidação das Contas Públicas Nacionais, conforme determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).